26 de jun de 2007

Justiça para poucos

Lendo essa notícia aqui pude constatar que políticos, artistas assassinos , assassinos não-artistas e amigos de políticos são invisíveis para a justiça, porém há uma classe de pessoas que entraram no clima de ôba-ôba e acabam com o rabo entre as pernas.

É o caso de ladrões de galinha, salteadores de supermercados, Danielle Cicarelle e Tato Malzoni.


Na intenção de alavancar sua popularidade a modelo contratou um paparazzo para filmá-la fazendo sexo em público numa praia espanhola.

Animada com a repercussão na mídia, principalmente entre os internautas onanistas, tentou chamar mais atenção processando 3 sites da net, dentre eles o site americano YOUTUBE , e de quebra ganhar um troco a título de indenização.

A coisa foi longe a ponto de impedir o acesso brasileiro ao site, causando grande constragimento ao país que mais uma vez ficou desmoralizado ao passar a imagem que até suas modelos "achudas" conseguem causar um tumulto internacional por conta da libido de alguns magistrados.

Felizmente no meio dessa estória aparece a figura do juiz Gustavo Santini Teodoro que além de dar um basta nessa palhaçada ainda colocou o casal no seu devido lugar classificando a ação de cômica.

Resta agora ao casal aquático cair na real e ir pensando uma maneira mais eficiente e criativa de conseguir dinheiro, dessa vez para pagar as custas processuais e honorários dos advogados do YOUTUBE.


O advogado do casal Lionel Hutz , tentou uma última argumentação mas acabou sendo alvo de chacotas.

É uma pena que não haja juízes do supremo com o discernimento e culhões suficientes para classificar de cômicas as ações que livram a cara de tantos picaretas que estão comicamente na impunidade.

Update :

Por conta da libido e da "achice" de outros juízes , a novela da Bocarra vai continuar. Mas Ô paísinho de merda esse Brasil!

7 bestaram:

Blogildo disse...

Essa da Cicarelli foi ridícula. Ainda bem que o jogo está virando a favor da liberdade.
Quem faz sexo em público não pode reclamar de ser filmado fazendo sexo em público.
Simples né?

Defensor disse...

Salve

Nunca fui com a fuça dessa Xarope... ainda bem que ainda existem alguns poucos juízes bons por aqui...

Abraços

Patrick Gleber disse...

Pô Jorge, não dá trela não, cara. Ele fez tudo aquilo pra que ela permanece sob os holofotes da mídia.

Walter Carrilho disse...

As celebridades devem estar inconsoláveis. O caso cicarelli era uma chance de criar jurisprudência para açoes contra revista, tvs, etc. Vão ter que descolar grana de outra forma.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Jorge:

Hufff!!!... no meio de tanta notícia e opinião desfavorável vá que tu vens com uma que deixa algum alento.
Ainda bem.

Quanto a essa fulana ela devia era ir para casa de alterne.

Um abraço,

Patrick Gleber disse...

Jorge,

Aguardo sua opinião no meu blog sobre A pouca-vergonha dos senadores sem votos.

www.blogdopatrick.br21.com

Ricardo Rayol disse...

justissia lenta e bizarra dá nisso.