17 de out de 2007

Deus no Brasil!

José Luiz de Jesús Miranda, mais conhecido como deus, chegou ao Brasil dia 13 último, onde foi rcebido por cerca de 100 fiéis.

Portoriquenho, ex-presidiário e ex-usuário de heroína, deus tem dogmas bastante diferentes dos que se imaginava. Fuma, bebe, come suas seguidoras e diz não haver mais pecados. Tudo é permitido, inclusive anti-semitismo e ataques furiosos a outras doutrinas.

Controverso, tem o número 666 tatuado no braço e declara que há uma deturpação desse símbolo, pois o anticristo na verdade é um sujeito boa praça. Portanto pede a seus seguidores que tatuem o número da besta em seus corpos como sinal de fidelidade. Isso cheira mais a Jim Jones do que probidade devota.

Também conhecido como "Papai", José teve essa idéia há 30 anos, quando sacou, provavelmente durante uma de suas viagens psicodélicas, ser o próprio cristo e ainda diz ter sido Deus "pessoalmente" quem lhe indicou Miami como marco de sua empreitada, provavelmente devido a quantidade de latinos errantes que habitam aquela costa.

Desde então vem tentando convencer o mundo a respeito de suas convicções divinas.

Quem quiser se inteirar mais sobre essa aberração, pode acessar o site aqui. Você não petralha, seu grau de fanatismo não lhe permite mais abusos.

9 bestaram:

Anônimo disse...

Thiago Brabosadisse:

Sôbesta, lendo esse seu post me lembrei de um brilhante conto de Machado de Assis, A IGREJA DO DIABO, não sei se você já leu. O tinhoso, cansado das tradicionais doutrinas religiosas, resolve montar sua propria religião. As regras? Tudo o que era proibido na religião tradicional era permitido na Igreja do Diabo, e vice-versa. No início, ele recebeu um arrebatador exército de fiéis, porém, com o tempo, as pessoas se cansaram daquela doutrina e começaram a cometer alguns "pecados", ou seja, a doutrina do bem. Porque o mal perdia ali a graça, pois era permitido, e o bem ganhava força nas atitude das pessoas, porque era pecado cometê-lo. Abraços!!!!

Anônimo disse...

Luiz Lailo disse :

Meu amigo, quando a gente pensa que já viu tudo aparece uma peça do tipo. O negócio é botar ele pra brigar com o bispo Macedo. E quem ganhar a gente acende uma vela. E pelo sim pelo não, acende uma também pro diabo.

Jorge Sobesta disse...

Thiago e Luiz,

Desculpem mas eu me confundi na hora de moderar os comentários e acabei recusando-os. Estou colocando os que foram para o
e-mail.

Thiago valeu pela indicação do livro e Luiz, precisamos acender é uma fogueira para queimar esses tipos, hehe

Grande abraço.

marcox disse...

jorge, cuidado ai com esse deus! um grande abraço

Ricardo Rayol disse...

Esse senhor é um traidor da causa esotérica oportunista. Evadiu-se de noss filial em Porto Rico com alguns recursos financeiros, conquistados a duras penas, sem olhar para trás.

Mago Heitor Caolho.

Walter Carrilho disse...

E me diz: quando ele vai ser entrevistado pela Gimenez? Vai ser um sucesso na tv!

Patacoadas do Cleber disse...

IRC! Quando der um link desses Jorge, dê de brinde um Sonrisal... E aí, melhor dos estrombo?

SM disse...

Cacilda! TôBesta... rs.
E eu que achava que o verdadeiro mensageiro divino era o Edir Macedo... Tô por fora mesmo!
Ainda bem que posso me atualizar aqui no seu blog!

Beijoca.

Saramar disse...

rsssssssssssssssss....
Fará sucesso por aqui, pode ter certeza, principalmente no Planalto Central, onde tudo que é pecado é permitido.

beijos