5 de jul de 2007

Efeito Alemão


Após longa reflexão sobre o que está acontecendo no Rio de Janeiro, pití-boys roubando e espancando pessoas gratuitamente, pude constatar com larga margem de acerto que essa onda de loucura é fruto da redução do fluxo de cocaína proveniente do Complexo do Alemão.

Reparem que desde que essa mega-operação começou, jovens da classe média-alta apresentam um estranho comportamento com acentuada distorção de valores morais.

Começando com o caso das Noivas da Polinter, passando pelas Vândalas de Copacabana e finalisando no bizarro caso do ator e militante übersexual (saiba mais no blog do Rayol) Rômulo Arantes Neto , assunto que será discutido mais adiante.
Temos provas irrefutáveis que todos são casos típicos de embriaguês seguida de fisura, pois é sabido que a cocaína tem propiedades atenuantes dos efeitos do àlcool, e dado que todos se deram por volta das 5 da manhã, hora em que a moçada deixa a balada para ficar fritando na cama, não resta dúvida que essa onda se prolongará enquanto não se reestabelecer o fluxo normal do tráfico de drogas na Cidade Maravilhosa.
O menos trágico desses episódios foi o do ator global Rômulo Malhação, que depois de ter confundido travestis com belas mulheres, quer provar para o mundo que é apenas uma variante do clássico gay enrustido, e não o monstro que agrediu uma prostituta pelo simples fato dela ser 100% mulher.

Toda confusão girou em torno da libido do ator que , uma vez embriagado e portanto sem os devidos limites de seu alterego, resolveu partir para a festa e para tanto resolveu logo descolar três mulheres-de-bengala para saciar sua fome reprimida. Ao constatar que uma delas não estava devidamente equipada para o momento, partiu para a agressão física e moral , chamando-a de "Sua mulherzinha vulgar e mono-funcional!"

Agora mais sóbrio , quer usar de sua fama Global para convencer o mundo do contrário, antes que perca sua carreira de artista que aliás é o que se espera de uma pessoa arrependida tentando justificar suas mancadas, um verdadeiro artista.

Por falar em artista, aqui tem um muitíssimo engraçado. É o protagonista do filme Borat, Sacha Baron Cohen.
A foto esta aqui com um propósito : Faça um teste e diga quem não é a mulher na foto antes de se aventurar por aí. Se achar a bigoduda uma linda mulher, fique em casa, certo?
Não tenho nada contra a liberdade e a orientação sexual de cada pessoa, porém essa de ficar arrependido e nervoso depois de soltar a franga e querer culpar o mundo batendo em mulher é mesmo uma atitude über.

12 bestaram:

Ricardo Rayol disse...

ahahahahahahahahaahahahha Esse está insuperável. Genial. Matou a pau, quer dizer, pedaço retilineo de madeira utilizado para bater em animais rasteiros do gênero ofidio.

Valeu pela referência.

Moita disse...

Herman von Ebinhauser
"A Imitação é uma forma de aprendizado"

Mas, vem cá! Imitar o que e aprender o que?

Penso que que nesses casos, o aprendizado é quem esta levando a imitação, ou não (Caetano).

Manda descer o cacete nesses maníacos e vão imitar ou aprender com a PQP.

Abraços

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

E sse monstrinho vagaba não passa mesmo é de um grande chibungo.

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Eu pensava que o complexo do alemão era um problema psicológico do ex-BBB, por não dar conta da tal Irislene. Agora você vem me dizer que é um problema de deliriuns tremens?

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Jorge:

Sabe o que lhe digo?
É que essa gentalha me mete mais nojo do que alguma da vossa classe brasileira vos mete a vocês.

Será que muito suficientemente contundente e explícito?

Bom fim de semana.
Um abraço,

alexandre, the great disse...

Jorge.
O cara vai pro motel com dois travecos e uma mulher e depois "joga a mulher fora"? Foi assim?
Isso não parece ser só "crise de abstinência", não. A não ser que o símbolo fálico tenha mudado de nome...


Alexandre, The Great

Jorge Sobesta disse...

The great,

voce sabe , são várias variáveis variadas que levam um pervertido por caminhos obscuros, hehe.

Grande abraço.

Pênio Moraes disse...

São muitas as tentações do capitalismo burguês que desviam nossa juventude do caminho da grande vitória bolivariana.
Estivessem estes jovens envolvidos na grande causa, não teriam tempo para sequer pensar em sexo não contraceptivo.
O senhor por acaso não teria o telefone dos travestis, teria?

Viva Chávez,Viva Lula e Viva o croquete de cacalhau!
Passar bem.

Jorge Sobesta disse...

Pênio,

Seu velho pervertido! Se você está pensando em ser possuido por uma mulher, sugiro que procure a Galeria Alaska em Copacabana ou então um psiquiatra.
Eu no seu lugar optaria pela segunda indicação.

Tenha uma boa vida.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Jorge:

Boa semana.

Um abraço,

Patacoadas do Cleber disse...

O interessante é que logo que aconteceu o caso a Globo não mencionou no seu noticiário que nessa confusão tinha os travestis envolvidos. O velho padrão Globo de notíciar só aquilo que lhe interessa... Forte abraço, Jorjão.

Blogue da Magui disse...

O sistema machista sempre aceitou a prostituição como coisa normal e a violência no meio.Não entendi porque a revolta!
Até Maria Madalena foi apresentada como uma desde que arrependida quando não há nada que indique que era prostituta.
TODOS fazem o jogo do sistema.