10 de jan de 2007

LEGISLATIVO FORTE É INDEPENDENTE, NÃO AUSENTE OU LENIENTE


O Partido dos Trambiqueiros está a todo vapor em suas "articulações" para que o próximo presidente da Câmara seja ou um pulha do próprio PT ou uma múmia condicente e condescendente (o que é a mesma coisa) com todas as manobras e falcatruas do atual governo(?).

Desde já, um esquadrão de articuladores petistas estão percorrendo gabinetes, corredores, retaurantes, muquifos, puteiros e motéis no intuito de arregimentar o maior número de parlamentares eleitores.

Nessa empreitada, as articulações mais usadas são (em ordem de relevância estratégica) :

- Tarsos e Metatarsos : usados frequentemente nas assinaturas de cheques, duplicatas, vale-propina, etc.

- Cotovelos e Ombros : funcionam em conjunto com as anteriores no carregamento de malas contendo dinheiro de origem duvidosa, pequenos pacotes, um agradinho, etc.

- Maxilares : úteis para proferir ordens e lembretes que refrescam a memória do parlamentar no tocante a certos favores prestados no passado.

- Joelhos e Vértebras : estes são usados em último caso para a humilhação do pedinte, tanto no ato de ajoelhar-se submissamente para implorar quanto para ajoelhar-se submissamente para prática de certos agrados de cunho sexual.

Mas porque será que uma eleição de presidente da Câmara causa tanto rebuliço? Não deveria ser apenas o fato de se escolher um indivíduo que ocupa um cargo de vital importância para o bom funcionamento das instituições nacionais? Uma figura íntegra que põe de lado interesses próprios ou de terceiros para que os reais beneficiários sejam os cidadãos que compõe uma nação democrática?

Achei essa pérola do bom-humor no site ZeroZen, que usa um sarcasmo brilhante para explicar o duro caminho a ser trilhado para se chegar a presidente da Câmara :

Cursos Práticos para Desempregados :
Presidente da Câmara dos Deputados.

Todo mundo sonha em ganhar na mega-sena acumulada e ficar rico. Porém, existem caminhos mais fáceis para se atingir uma quantidade nababesca de dinheiro. Um deles é se eleger presidente da câmara dos deputados como fez o impagável Severino Cavalcanti. Enquanto desqualificados analistas políticos perdiam tempo apostam nos candidatos petistas, o líder do baixo clero fez uma campanha nos moldes tradicionais. Ou seja, puxando o saco dos seus companheiros de mandato. Se você quer saber como chegar lá, leia as dicas da ZeroZen.

1 – Se eleja deputado. Acredite não é difícil. Se o povo quer pão e circo, diga que você fará o papel do palhaço.

2 – Depois de eleito prefira as sombras. Nada de chamar a atenção da imprensa.

3 – Em seguida, pegue a comissão mais obscura que encontrar. Rapidamente, comece a enviar verbas para as
pessoas mais necessitadas. Desde que, é claro, as pessoas fiquem todas nas suas famílias

4 – Corporativismo é um dever. Seja amigo de todos os deputados. Faça favores e tente agradar a todos. Nunca se sabe quando surgirá uma CPI....

5 – Um bom deputado ajuda a diminuir a pobreza no país. Portanto, aproveite para enriquecer toda a sua família.

6 – Minta, trapaceie, engane. Faça o que for preciso para se reeleger. Se isso não for possível, pegue um cargo obscuro no governo. Ser deputado é fazer amigos em lugares influentes.

7 – Depois de conseguir uns cinco mandatos, você já vai poder se aposentar cheio da grana. Porém, se quiser ficar realmente rico é melhor se eleger presidente da câmara. Então comece a cobrar os favores prestados. No congresso, é dando que se recebe...

8 – Não ligue se a imprensa esquecer de citar seu nome como um dos prováveis eleitos. Ligue para cada um dos deputados, mande presentes, ofereça cargos...

9 – Para garantir a vitória, nada de dizer que irá lutar por mais ética, que irá combater a corrupção ou que irá agir como um guardião da moralidade. Apenas ofereça um aumento de salário para todos os deputados se for eleito. Ou seja, o que todo mundo quer de verdade é mais dinheiro (ainda) no bolso...

10 – Por fim, depois da vitória, não se esqueça de quem o ajudou a se eleger. Desvie todo o dinheiro possível para seu pai e sua mãe. Sem eles você não existiria... logo não seria eleito...

Bom, agora é lotar as caixas postais de protestos e rezar para que o Mensalão, Dossiê de Cuiabá e toda lama petista não venha a virar pizza nesse segundo mandato.

Dia 10 tem mais!


11 bestaram:

andre wernner disse...

Caro Jorge,
Excelente fisgada!
É o retrato fiel da imoralidade parlamentar que parece, não assusta o povão que dorme, não em berço esplêndido, mas na letargia dos trôpegos...
Há que despertar consciências e essa sua forma foi muito inteligente. Afinal, se não espernearmos – com humor ou sem ele! – este rincão vai mudando de mãos e quando se vê, estará próximo da bancarrota.
Salva-lo, é a missão.
Verbo e blogagem neles...
Aabs

Suzy Tude disse...

Jorge, você é um especialista em produção de texto inteligente...entre as articulações dos tarsos e metatarsos, vamos teclando nossa alma na tentativa de sacudir a galera letárgica desse atual arremedo de país!
Copiei seu post (com os créditos para enviar a amigos....depois você cobra sua taxa...heheeehehehe

Grande abraço

Ricardo Rayol disse...

cara disse realmente tudo com um humor muito maneiro... os caras são uns fdp e só doido pra acreditar que o PMDB é oposição

Saramar disse...

Jorge, boa noite.

Muito, muito bom tudo o que escreveu. Adorei essa anatomia da compra-e-venda no mercado instalado na praça dos 3 poderes (que agora se resumiram a um).

beijos

Santa disse...

Impecável! Como sempre...
Bjs

Defensor, O Maldito disse...

Saudações
Excelente, emuito bem humorado. Parabéns!
Abraços

Walter Carrilho disse...

Eles usam outras partes que não são articuladas, não tem osso, mas tb funcionam pacas: boca e língua para "mamar" em grana pública.

Patacoadas do Cleber disse...

É isso aí, Jorge. Como sempre, você foi no ponto: Reflexão e humor. Um abraço

Anônimo disse...

Jorge, só agora li sua postagem coletiva, e faz juz ao ditado:
Os últinos serão os primeiros.
Insuperável!!!!

Vamos continuar o debate e tentar uma coisa nova, é o q procuro fazer no debate q lancei no blog.
Gostaria de conhecer suas idéias e a sua opinião é de suma impoortancia.

O debate está nos comments, entre os blogueiros q me prestigiaram com suas visitas, por isso leia e concorde ou discorde eacescente.

Abraços e parabéns,

SôniaSSRJ

Blogildo disse...

Gostei do curso para deputados!
Hhehehehe!

Claudia disse...

jorge, li seu desabafo lá na sõnia e vc pegou no nervo rapaz...

agora sempre que um moleque desse me pede dinheiro, mando procurar o lula. é uma falsa moralidade e falsa solidariedade.

conseguiu abrir o galera? espero que sim.

abraços e bom final de semana