14 de mai de 2006

Alegria para umas, tristeza para outras

D. Lindu , imagino como é olhar para um filho e pensar : "Porra, que barrigada inútil!" de maneira que não vou tripudiar em cima da senhora nesse dia sagrado.

Seria igualmente desrespeitoso atribuir às profissionais do prazer, que já tem uma vida das mais sofridas, a responsabilidade de tê-lo gerado, dizendo ser ele filho delas.

Não quero lhe faltar com o respeito.

Feliz dia das mães! (supondo que a senhora tenha outros filhos)

2 bestaram:

Luis Inácio Lula da Silva disse...

O cumpanheiro não deveria colocar minha snta mãezinha nessa palhaçada.

Jorge Sobesta disse...

Me processe, uai.