16 de mar de 2006

Guilherme ... Mas que filho-da-puta, hein?



Treze anos após de ter assassinado barbaramente Daniella Perez, Guilherme de Pádua tá aí, totalmente integrado a sociedade com curso superior, noivo e feliz!

Mas esse sistema penitenciário corrige mesmo as pessoas , não?

O que era pra ser um crime hediondo* caiu para uma pena de 19 anos, dos quais cumpriu 6. Saiu, formou-se na PUC e como todo pilantra que tenta mostrar ao mundo seu arrependimento, bandiou-se pro lado dos crentes.
Tretou, tretou e finalmente conseguiu arrumar uma crentizinha até gostosa. Agora vai casar e morar num Apê da zona sul de Belo Horizonte.

Para um bosta que começou a vida dando a bunda na Galeria Alaska e acabou virando assassino tá muito bom! Palmas para a Justiça e o Sistema Penitenciário Brasileiro.


A propósito : A noiva tem 22 anos de idade, a mesma idade de Daniella quando ele a matou ...
Toca a música do filme Tubarão aê!


*"Art. 2o - Os crimes hediondos, a prática de tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins e o terrorismo são insuscetíveis de”:
I – anistia, graça e indulto;

II – fiança e liberdade provisória"

0 bestaram: