3 de jul de 2007

Ameaças Bolivarianas


Numa ceninha para chamar a atenção de Bush, o imperador venezuelano Hugo Doidinho afirmou nesta terça-feira que se os países membros do Mercosul não aprovarem a adesão de seu país nos próximos três meses, não vai entrar para o mesmo, e não adianta insistir.
Indignado com o Congresso Brasileiro, Doidinho disse que "Se dentro de três meses (a aprovação da nossa filiação) não for possível, eu vou contar pra minha mãe. Vou fazer caquinha nas fraldas e vocês vão ter que limpar, vocês vão ver a pirraça que eu farei." ameaçou o ditador enquanto alisava um barril de petróleo .
Preocupado com o desespero do coleguinha o presidente(?) Lula afirmou que "Comemos o pão que o diabo amassou pelo País" em alusão ao maravilhoso cenário nacional que mandou pintar nas janelas da Granja do Torto.
PS: Alguém ficou confuso? Eu também fiquei ao ler as notíucias de hoje.

4 bestaram:

Ricardo Rayol disse...

Perdi alguma coisa? O Huguito mandou recado? De novo? E o lula se encagaçou? De novo?

Blogildo disse...

O ditador da Venezuela está levando aquela máxima de Marx (o Grouxo)ao pé da letra: Não levo à sério clubes que me aceitam como sócio.

ROÇA COISA É OUTRA LIMPA disse...

O Lula deve responder alisando uma moita de cana, ou melhor uma garrafa da melhor branquinha.Hugo no Mercossul faz tanta falta quanto o próprio mercosul.

alexandre, the great disse...

Por que é que ao invés de "alisar o barril" ele não vai "sentar no barril", ora bolas!

Alexandre, The Great