7 de set de 2006

Lendas da política II - Abdução

O ano era... não me lembro, Collor e Lula desputavam a presidência do eterno país do futuro na primeira eleição direta após ...não me lembro quanto tempo.

Lula , apaixonado e otimista , traçava planos de mudanças sociais nunca antes pensadas não imaginando que uma conspiração a nível interplanetário estava a caminho.

Mudanças sociais positivas são ótimas para um povo, porém são um mal negócio para os que se alimentam da situação. Num esforço conjunto, Silvio Santos, Abílio Diniz e terroristas salvadorenhos associaram-se a Kodos e Kang, do planeta Rigel 7 na intenção de sabotar a vitória eminente de Lula.

Enquanto Abílio Diniz e os Salvadorenhos montavam um circo em torno de um sequestro onde foram gastas ... não me lembro quantas sacolas plásticas e adesivos com o simbolo do PT, Silvio Santos se incumbia em tranformar o horário eleitoral num grande e tedioso domingo, com uma candidatura de última hora, fadada a impugnação.

Em meio a essa bagunça, Kodos, usando de suas habilidades alienígenas, transmutava-se em um ser idêntico a Lula tomando para sempre sua identidade terráquea enquanto Kang levava o original para Rigel 7 onde uma junta de cientistas políticos rigelianos o esperava para intermináveis dissecações, dando direito ao uso de sondas constrangedoras, com o propósito de entenderem que tipo de energia levava um operário do ABC , cheio de conversa mole, a ir tão longe em uma empreeitada politica.

Ao final, os conspiradores atingiram suas metas e tiraram do povo brasileiro a oportunidade de ser feliz.

Hoje Kodos ainda transmutado, vaga livremente pelo nosso país, agora no papel de presidente.
A cara de sapo barbudo é capaz de enganar até a primeira dama, mas aqueles que conviveram com Lula durante sua trajetória podem notar que sua personalidade e valores mudaram. Não reconhecem nele aquele ser cheio de paixão e vontade. Incorruptível, honesto, humilde e patriota. Não imaginam o rigeliano frio e cruel que habita aquela imagem, capaz de levar, por meio de telepatia, a nação a reelegê-lo.

Aqueles que são suceptíveis a telepatia de Kodos o defendem até a morte. Cegos que estão, não conseguem calcular os estragos que causarão com seus compridos e pegajosos indicadores ao dedilharem a urna eletrônica em ... não me lembro o dia da eleição.

6 bestaram:

marconi leal disse...

Ha! ha! Muito bom, Jorge! Veja você, acompanhei os fatos de perto, mas só agora vim saber o que aconteceu... Te linkei por lá. Abração!

Jéssica disse...

Vai ser uma baita sacanagem ele ser reeleito, a gente não merece... ou merece???

Kafé Roceiro disse...

Achei massa a estória! Esse Kodos, vou te falar!

Jéssica disse...

Eu li o texto do João Ubaldo, ele é fera... às vezes tenho vontade de anular, mas como brasileira sei que devo votar, no caso, escolher o menos ruim. Minha mão diz sempre, ruim com ele pior sem ele. Será q é o caso do lulinha paz e amor? Sei não... valeu sua visita no meu lugar gostoso... volte e eu vou ficar alegrinha...rs... Beijo*.*

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Jorge:

Pelas ideias que tenho vindo a constatar a partir do 1º de outubro o Brasil vai ser um maná para psicólogos e psiquiatras.

Vai haver muita frustração e depressão para curar.

É melhor ires-te preparando para não sofreres a "vaga de choque".

Um abraço,

Aguardo a tua visita.

Vera disse...

Ahahahah essa parte é a melhor: "Hoje Kodos ainda transmutado, vaga livremente pelo nosso país, agora no papel de presidente." :-o bjs