3 de abr de 2006

De novo o "Menos Pior"

A definição de pior é : "Aquilo ou aquele que tem qualidade inferior dentre todos os outros".
O que eu não consigo entender é a definição de "Menos Pior", pra mim isso nem existe na língua portuguesa.
Mas toda vez que ficamos numa sinuca de bico pra escolher governante, vem sempre aquela leréia de que voto é um direito que conquistamos, um exercício de cidadania, blá,blá,blá ... e temos que escolher o menos pior pra ir apurando a qualidade(?) dos políticos.
Tá bom, viu? Desde inventaram eleições a qualidade tá só caindo, olha aí na foto as opções.
Escolher o menos pior, hum...
Que merda é essa ? Quer dizer que eu vou ter que chafurdar em um lamaçal imundo e procurar um bosta "menos pior", um menos sujinho, "..olha aquele alí só tem um cocôzinho na lapela!", e colocar no poder? NEM FODENDO!
O que deveria ser feito é uma mobilização dos eleitores, pelo menos daqueles que não tem rabo preso, para anularem seus votos. Seria bom demais se o voto nulo ganhasse, porque assim essa corja que tá aí ia vestir um pijama e ficar fora do páreo, e teriam que anular a eleição e arrumar outra turma pra disputar, e se fosse outra corja, mais voto nulo.

O governo , depois de eleito, num pede licença pra por no nosso rabo. Mas o que a gente deveria entender é que quem elege somos nós. Nós é que mandamos na eleição.
Por isso esse ano a gente poderia usar uma outra característica do voto que é a do protesto, e que se foda, porque pior do que isso que aí está, eu não consigo imaginar. Se bem que tem o Enéas ...


0 bestaram: